terça-feira, 22 de maio de 2007

Ilusão de óptica

Repete-se o ritual. Ou pelo menos parece.

O passo pesado, lento, quase burocrático, é o mesmo.

O olhar, alheio como o pensamento, também. Mais seco, talvez. De certeza,

mas quem me viu antes, não me reconheceria.

Não tinha nada a ver.

3 comentários:

El-Gee disse...

nao tem nada a ver! e tambem tu vais ter de te habituar ao novo eu!

gostei da maneira como expuseste o que sentes. mta bom.

zmj disse...

grande Luís, foi bom encontrar-te, ainda que completamente bezano e lavado em suor, no bairro!abraços

Anónimo disse...

ilusao optica

e aqui??qo que lhe tinha acontcido?