domingo, 10 de maio de 2009

Acho que sou um dos piores gajos da Península Ibérica e arquipélagos a apaixonar-me.

13 comentários:

Anónimo disse...

lol em que sentido?

rosé mari disse...

no sentido em que não sou nada a fazê-lo...

Anónimo disse...

o que significa não ser nada a fazê-lo?

rosé mari disse...

desculpa, engoli uma palavra.

no sentido em que não sou nada bom a fazê-lo, não pela qualidade da escolhida, mas pela envolvência - e consequências - da escolha.

Anónimo disse...

envolvência? consequências? só se te apaixonaste pela namorada do teu melhor amigo... quais poderão ser as consequências de uma pessoa se apaixonar por outra? é só isso mesmo...

Anónimo disse...

sei exactamente a música que te devia enviar agora, mas talvez depois saísse do anonimato... embora já devas ter um palpite...

rosé mari disse...

vai muito para além do melhor amigo, e as consequências são inevitáveis e normalmente duradouras e profundas, porque se fazem sentir não só em relação a terceiros mas também aos próprios, já para não falar de que há uma tendência enorme para misturar-se paixão com atracção pelo abismo.

por acaso não faço a mínima ideia de quem sejas, apesar de não conhecer muitos anónimos, e o pior é que não és certamente quem eu gostava que tu fosses.

rosé mari disse...

se bem que gostava de saber qual é a música.

lady disse...

N és pior que eu, certamente.. Tenho uma enorme propensao para desiquilibrios, em todos os sentidos.. Bem sei que "com o mal dos outros podemos nós bem"..

rosé mari disse...

?enigmático.

lady disse...

O que eq é enigmatico?

Anónimo disse...

Still feel the same? :)

rosé mari disse...

let's just say I'm slowly starting to feel I may not be that bad after all...I guess (and hope) time will tell.