sábado, 12 de abril de 2008

))<>((



Ponto prévio ao ponto prévio - O ponto prévio - não este, o outro - está de certa forma relacionado com o filme. Ou melhor, com qualquer filme. Com o que fazemos, while we're passing time. Because that's just what we do: we pass time, and while we do so we watch, absorb, judge, grow up and die.

Ponto prévio - É, salvo erro, a primeira vez que o cor-de-rosa é convidado a entrar neste blog. E isto só pode significar que: a) o autor, aqui a escrever na terceira pessoa, opção essa motivada talvez por resquícios de uma frustração de não ser jogador de futebol, decidiu resvalar para a homossexualidade; b) eu - já recomposto do acesso de frustração - estou de tal forma seguro da minha virilidade e sexualidade, que uso o cor-de-rosa como quem usa preto; c) nenhuma das duas, é simplesmente a cor do poster.

Me and You and Everyone We Know. O bom de ir para o Blockbuster sem pressas é que de vez em quando encontram-se filmes destes. O mau de ter de se entregar um trabalho escrito é que fica um bocado difícil estar a escrever sobre contratação pública e passar para a descrição de um filme indie. Mas adiante.

Surpreendente, no mínimo. Fez-me lembrar, a espaços, o Garden State. Um tratado de natureza humana, das relações que estabelecemos, do que procuramos em nós, e sobretudo, nos outros. Cheio de alegorias, de hidden meanings, e de pormenores, muitos, espectaculares. Sobre a maneira como reagimos em resposta ao que nos rodeia, ou melhor, sobre a maneira como crescemos em função das respostas que damos ao que nos rodeia. Talvez o único problema do filme seja esse: é sobre muita coisa, mas essencialmente, é sobre o amor. Daí fazer sentido ser sobre muita coisa, porque amor que se preze, não é coisa pouca.

E isso não é problema, é tarefa. É ter de ver o filme outra vez. Back and forth. Este é um deles. Aliás, este, e qualquer filme digno de registo. Filme que só se tenha de ver uma vez, não é filme, é telenovela, e sem o "previously on".

2 comentários:

Rita disse...

O Gerden State é muito bom, back and forth, as you well said.
A Banda sonora então nem se fala!

Pela tua descrição, este parece bem apelativo.. vou ver :)

Thanks!

ze maria disse...

o garden state talvez seja menos cru que este, e como tal mais fácil de gostar, mas não necessariamente melhor - nem pior.

espero que gostes, isto talvez tenha sido das coisas menos certas que aqui recomendei.