sábado, 6 de maio de 2006

Para todos os Anti-Bush


Estoril Open: Depois do triunfo em pares, final chinesa no quadro feminino de singulares

É só uma questão de tempo até que a China domine o Mundo, seja do ponto de vista cultural, económico, desportivo, político, e quem sabe até bélico, é uma questão de probabilidades, com mais uns pozinhos claro.

Pergunto-vos o que é que preferem, ser invadidos por fast-food chains, música comercial aos pontapés e multinacionais que gastam milhões a promover um consumismo desenfreado, para além de terem de aprender inglês para se safarem no estrangeiro; ou, por outro lado, ver o mundo inteiro infestado de lojas dos 300, sair da bola e ir comer um chop-suey de vaca em vez de um supermenu, ligar o rádio e ouvir aquelas músicas em que os videoclips têm sempre um casal a passear no meio de uma floresta com o barulho de uma cascata por trás, and, last but not least, inscreverem-se num curso de mandarim porque decidiram ir trabalhar para o estrangeiro.

Sorte têm vocês em poder criticar os discursos do Bush, daqui a uns anos arriscam-se a gramar com o Hu Jintao a explicar o porquê da ofensiva chinesa a Kamchatka (porque não uma homenagem ao Risco, já que estamos a falar do mapa geo-político?). Dá Deus nozes a quem não tem dentes...

7 comentários:

Preto disse...

Zé, não deixemos de criticar o que consideramos errado ou o que julgamos estar mal só porque o cenário poderia ser bem pior...ou melhor, porque o cenário será no futuro, provavelmente, bem bem pior....

ze maria disse...

claro blackie, tava simplesmente a ser irónico, se bem que há aí mta malta que é anti-bush...porque sim.

Anónimo disse...

A este post se chama a falacia do declive ardiloso...

ze maria disse...

anonymous,

a esse post se chama burrice, porque este post nada tem a ver com tal falácia...tem outra, mas não essa!

U_bien disse...

Pah economicamente o crescimento da china a longo prazo é uma coisa boa para portugal...

Quando a china atingir um certo desenvolvimento vai começar a importar desenfreadamente, coisas que só nós produzimos especificas as nossas gentes e ao nosso povo.

Agora cabe a nós escolher o que vamos exportar e em que condições, será que vamos exportar CD's dos Anjos e do Tony Carreira a 10€ cada, ou produtos altamente diferenciados e de grande valor acrescentado como ... sei lá Alheiras a 100€.

Ah e esqueces te de um grande promenor em relação as possiveis influências culturais chinesas é que não se precebe um crlh do que os gajos dizem FUCK!

ze maria disse...

não me esqueci não martim...ou achas que aprender mandarim é uma coisa fácil?lol

Anónimo disse...

falacia, falacia, falacia...
E vc bem sabe que e assim...por isso cuanto mais perigoso...
Os chineses ficam longe...mas algums outros andam por aqui pertinho !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!