quinta-feira, 2 de abril de 2009

A mão à palmatória

Esta Playboy é o paradigma do potencial da gestão de expectativas: até ter visto a capa, estavam altíssimas, sky high, para imediatamente serem abalroadas pelo torcicolo da Mónica Sofia e o fundo escolhido (que fundo é aquele?), vindo por aí abaixo desenfreadas. Encostaram lado a lado com a expectativa que precede uma ida para a Costa a um domingo às 2 da tarde no meio de Junho, com direito a suor nas costas e tudo.

Foi neste estado de espírito - alentado apenas por uma referência fugaz e alheia a miúdas praticantes de horseball - que se viu assaltado, aquando da chegada ao quiosque, por uma repentina timidez, comparável apenas às primeiras compras de preservativos - who am I kidding, a todas -*, que comprei a Playboy. Na altura, fi-lo quase por obrigação: diga-se o que se disser, a primeira Playboy portuguesa é um acontecimento na nossa púdica e conservadora história social. Se a isto somarmos umas quantas gajas descascadas, a aquisição da mesma ganha contornos de imperativo categórico para qualquer gajo que por aí ande. Adiante.

Pois bem, é meu parecer que a revista não está nada mal, muito pelo contrário. Superou as minhas expectativas, e quando assim é, é sempre bom, mesmo que seja uma merda; o que, reitere-se, não é o caso. Aprovadíssima(s), ergo, retiro o que disse em post anterior, oferecendo desde já a minha mão à palmatória.


* Estava lá tudo: a voz tremida e os três olhares três, sequenciais: o que se segue ao pedido, perdido no vazio horizontal; o olhar seguinte, aquele que se dirige à senhora de meia-idade que consegue estar SEMPRE ao nosso lado nestas alturas, só para vermos se ouviu ou não o que acabámos de dizer, como se isso fizesse imensa diferença no seu dia; e o terceiro, aquele que espera uma reacção, qualquer reacção, da vendedora, porque também é sempre uma vendedora.

5 comentários:

Anónimo disse...

que tal as que jogam horseball?

Anónimo disse...

o mais fraquinho da revista foi mmo a monica sofia..nao sei se pela produçao, pela expectativa criada a volta dela ou se mmo por ela. so posso dizer que esperava muito mais desta menina. ja a rute penedo foi uma agradavel surpresa e que lancem mais destas...

ze maria disse...

Curiosamente, como a capa também tinha agredido brutalmente as expectativas que tinha em relação à produção com a senhora, acabou por se revelar também ela uma surpresa. As meninas do horseball merecem também uma menção honrosa, mas o prémio vai claramente para a sra. dra. rute regina silvestre penedo.

El Pibe disse...

Uma pergunta:
A Monica Sofia aparece pelada ou não?

Anónimo disse...

PÉLÁDA bróther.